O papel da ecologia política na aproximação entre desenvolvimento e sustentabilidade: um olhar a partir do redesenhar da função da propriedade intelectual e o incentivo às tecnologias verdes
Michele Machado Segala
Universidade do Vale do Rio dos Sinos (UNISINOS)
Isabel Christine Silva De Gregori
Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)
PDF

Palavras-chave

Ecologia política
Desenvolvimento sustentável
Propriedade intelectual

Como Citar

Segala, M., & De Gregori, I. C. (2019). O papel da ecologia política na aproximação entre desenvolvimento e sustentabilidade: um olhar a partir do redesenhar da função da propriedade intelectual e o incentivo às tecnologias verdes. Direito E Desenvolvimento, 10(1), 202-216. https://doi.org/10.26843/direitoedesenvolvimento.v10i1.346

Resumo

O presente excurso dedicou-se à compreensão sobre o atual quadro de transição para uma nova racionalidade, visando estabelecer uma relação entre desenvolvimento e sustentabilidade, especialmente a partir do viés da propriedade intelectual e do incentivo às tecnologias verdes. Adotando como metodologia a matriz sistêmico-complexa, constatou-se que a Ecologia Política pode contribuir para essa aproximação, apresentando-se como um importante veículo de promoção do desenvolvimento sustentável.

PDF

Referências

ANDRADE, Thales de. Inovação tecnológica e meio ambiente: a construção de novos enfoques. In: Revista Ambiente & Sociedade – Vol. VII nº. 1 jan./jun. 2004, pp. 86-106. Disponível em: Acesso em: 18 jul. 2016

ASPI. Associação Paulista da Propriedade Intelectual. Propriedade Intelectual. Disponível em: . Acesso em 19 jul. 2016.

BARBOSA, Denis Borges. Do bem incorpóreo à propriedade intelectual. 2009. Disponível em: < http://denisbarbosa.addr.com/teoria.pdf.>. Acesso em 17 jul. 2016.

BRASIL. Constituição Federal de 1988. Disponível em: . Acesso em: 04 jul. 2016.

BRASIL. Lei n. 10.973, de 2 de dezembro de 2004. Disponível em: Acesso em: 27 jul. 2016.

CAPRA, Fritjof. A teia da vida: uma nova compreensão científica dos sistemas vivos. São Paulo: Cultrix, 1996.

CASTRO, Luiz Fernando Vallim de. Função Social da Propriedade Industrial. In: Direitos Humanos, Propriedade Intelectual e Sustentabilidade. Victor Hugo Tejerina Velázquez, Everaldo Tadeu Quilici Gonzalez, Michele Cristina Souza Achcar Colla de Oliveira (coords.). Curitiba: Juruá, 2016.

CMMAD. Comissão Mundial sobre o Meio Ambiente e Desenvolvimento. Nosso Futuro Comum. Rio de Janeiro: FGV, 1991.

DE PLÁCIDO E SILVA. Vocabulário Jurídico. 20. Ed. Ver. E atual. Por Nagib Slaibi Filho e Gláucia Carvalho. Ver. Técnica de Ricardo Issa Martins. Rio de Janeiro: Forense, 2002

FRITZ, Jean-Claude. Las múltiples finalidades del sistema de propriedad intelectual. Puesta en perspectiva de un elemento del conflicto entre el derecho internacional de los negocios y el derecho de los pueblos. In: RUBIO, David Sanchez; ALFARO, Norman J. Solórzano; CID, Isabel V. Lucena (ed.) Nuevos colonialismos del capital: Propriedad intelectual, biodiversidad y derechos de los pueblos. Barcelona: Icaria editorial, 2002.

GOMES, Maria do Socorro de Lucena; CUNHA, Anderson; LEMOS, Letícia Maia; NETO, Nerival Barbosa de Lucena; VIEIRA, Tatiana de Gusmão. Repercussões da educação ambiental no desenvolvimento e na cidadania. In: Revista Direito e Desenvolvimento. v. 4, n. 8, João Pessoa, jul-dez 2013, pp. 225-244. Disponível em: < https://periodicos.unipe.br/index.php/direitoedesenvolvimento/article/view/251/217> Acesso em: 08 ago. 2017.

LATOUR, Bruno. Políticas da natureza: como fazer ciência na democracia. Bauru, SP: EDUSC, 2004.

LAYRARGUES, Philippe Pomier. A cortina de fumaça: o discurso empresarial verde e a ideologia da racionalidade econômica. São Paulo: Annablume, 1998.

LEFF, Enrique. Racionalidade ambiental: a reapropriação social da natureza. Rio de Jneiro: Civilização Brasileira, 2006.

LOUREIRO, Carlos Frederico Bernardo. Sustentabilidade e Educação: um olhar da ecologia política. São Paulo: Cortez, 2013.

MANTOVANELI JR., Oklinger. A Sustentabilidade como projeto para a cidadania planetária. In: PHILIPPI JR., Arlindo; SAMPAIO, Carlos Alberto Cioce; FERNANDES, Valdir. Gestão de natureza pública e sustentabilidade. Barueri, SP: Manole, 2012.

ONU. Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente e Desenvolvimento. 1992. Disponível em: Acesso em: 27 jul. 2016.

PORTO, Marcelo Firpo de Souza. Uma Ecologia Política dos Riscos: princípios para integrarmos o local e o global na promoção da saúde e da justiça ambiental. Rio de Janeiro: Fiocruz, 2012.

SACHS, Ignacy. Caminhos para o desenvolvimento sustentável. 3. Ed. Rio de Janeiro: Garamond, 2008.

SACHS, Ignacy. Desenvolvimento includente, sustentável e sustentado. Rio de Janeiro: Garamond, 2008.

SACHS, Ignacy. Ecodesenvolvimento, crescer sem destruir. São Paulo: Vértice, 1986.

SANTOS, Nivaldo dos; Oliveira, Diego Guimarães de. A patenteabilidade de tecnologias verdes como instrumento de desenvolvimento sustentável. Disponível em: < http://publicadireito.com.br/artigos/?cod=aa8f9467196c7f30> Acesso em: 18 jul. 2016.

SEJENOVICH, Héctor. A estratégia para superar a pobreza através do desenvolvimento sustentável. In: Governança ambiental na América Latina. Fabio de Castro ; Barbara Hogenboom ; Michiel Baud. (coords.) - 1a ed. . - Ciudad Autónoma de Buenos Aires : CLACSO ; Amsterdam : Engov, 2015.

TYBUSCH, Jerônimo Siqueira. Sustentabilidade multidimensional: elementos reflexivos na produção da técnica Jurídico-ambiental. Tese de Doutorado submetida ao Programa de PósGraduação Interdisciplinar em Ciências Humanas da Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, 2011.

VIEIRA, Paulo Freire. Meio ambiente, desenvolvimento e planejamento. In: VIOLA, E.J. et al. Meio ambiente, desenvolvimento e cidadania: desafios para as ciências sociais. São Paulo/Florianópolis: Cortez/UFSC 1995, p. 45-98.

ZANIN NETO, Armando; VELÁZQUEZ, Victor Hugo Tejerina. Função Social da propriedade intelectual e desenvolvimento social brasileiro. In: TEJERINA VELÁZQUEZ, Victor Hugo; GONZALEZ, Everaldo Tadeu Quilici (coords.). Direitos humanos, propriedade intelectual e desenvolvimento. Curitiba: Juruá, 2012.

ZANIN NETO, Armando; VELÁZQUEZ, Victor Hugo Tejerina. Propriedade Intelectual e sua função social: a quebra de patentes medicamentosas. In: 7ª Mostra Acadêmica da INIMEP; 7º Congresso de Pós-Graduação. Piracicaba, SP: Universidade Metodista de Piracicaba, 2009.
Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Downloads

Não há dados estatísticos.