Segurança humana econômica: breve análise da sociedade frente aos impactos econômicos, ambientais e sociais do consumismo de massa
Markus Samuel Leite Norat
UNIPÊ
Breno Pereira Marques de Melo
UNIPÊ
André Ricardo Fonseca da Silva
UNIPÊ
PDF

Palavras-chave

segurança humana
indústria do consumo
consumismo
meio ambiente
direito do consumidor
economia
sociedade

Como Citar

Norat, M. S., Melo, B., & Silva, A. R. (2021). Segurança humana econômica: breve análise da sociedade frente aos impactos econômicos, ambientais e sociais do consumismo de massa. Direito E Desenvolvimento, 12(1), 238-251. https://doi.org/10.26843/direitoedesenvolvimento.v12i1.1428

Resumo

Desde a revolução industrial que o consumismo é pauta de acirrados debates, principalmente no que diz respeito aos meios empregados pelos grandes agentes da iniciativa privada para incutir na mente da sociedade o consumo como estilo de vida. A proposta deste artigo é de forma objetiva e despretensiosa, analisar a perspectiva da sociedade face aos impactos econômicos, ambientais e sociais promovidas pela indústria do consumismo de massa. Propõe-se um incentivo ao debate buscando trazer à baila o conceito de segurança humana econômica para a sociedade consumidora, com esforços a níveis globais na revisão dos atuais padrões de consumo. A pandemia da Covid-19 revelou a vulnerabilidade do ser-humano, acomodado em uma vã autossuficiência tecnológica, a medida em que o debate sobre o descarte de lixo e a escassez de recursos naturais para satisfação do consumo humano urgem.

PDF

Referências

ALMEIDA, Fernando. Desenvolvimento sustentável 2012-2050: visão rumos e contradições. Rio de Janeiro: Elsevier, 2012.
ANDRADE, Daniel Caxieta; ROMEIRO, Ademar Ribeiro. Degradação ambiental e teoria econômica: algumas reflexões sobre uma “Economia dos Ecossistemas”. Economia, Brasília (DF), v. 12, n. 1, p. 3-26, 2011.
BAUMAN, Zygmunt. Vida para o Consumo − a transformação de pessoas em mercadoria. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2008.
BRASIL. Constituição da república federativa do brasil: texto constitucional promulgado em 5 de outubro de 1988. Brasília: Senado Federal, Subsecretaria de Edições Técnicas, 2006.
BUENO, Maria Lucia. et al. Cultura e consumo: estilos de vida na contemporaneidade. São Paulo: SENAC, 2008.
CAPRA, Fritjof. O ponto de mutação: a ciência, a sociedade e a cultura emergente. São Paulo: Cultrix, 2012.
CANADIANS FOR A SUSTAINABLE SOCIETY. Consumerism environment. Disponível em Acesso em 20 de janeiro de 2021.
GRINOVER, Ada Pellegrini; et al. Código brasileiro de defesa do consumidor: comentado pelos autores do anteprojeto. 11.ed. Rio de Janeiro: Forense, 2017.
HERZOG, Cecilia Polacow. Cidades para todos: reaprendendo a conviver com a natureza. Rio de Janeiro: Mauad X Inverde, 2013.
LAGO, André Aranha Corrêa. Desenvolvimento sustentável 2012-2050: visão rumos e contradições. Apresentação. In: ALMEIDA, F. Desenvolvimento sustentável 2012-2050: visão rumos e contradições. Rio de Janeiro: Elsevier, 2012.
MARCUSE, Herbert. A Ideologia da sociedade industrial. Trad. Giasone Rebuá. Rio de Janeiro: Zahar, 1979.
MARQUES, Claudia Lima; BENJAMIN, Antônio Herman V.; MIRAGEM, Bruno. Comentários ao código de defesa do consumidor. 3. ed. rev., atual., e ampl. São Paulo: Editora Revista dos Tribunais, 2010.
MARX, Karl. O Capital. Tradução e condensação de Gabriel Deville. Bauru, SP: EDIPRO, 2013.
McCRACKEN, Grant. Cultura e Consumo: novas abordagens ao caráter simbólico e das atividades de consumo. Rio de Janeiro: Mauad, 2003.
MÉO, Letícia Caroline. Greenwashing e o direito do consumidor: como prevenir (ou reprimir) o marketing ambiental ilícito. São Paulo: Thomson Reuters Brasil, 2019.
MIRAGEM, Bruno. Curso de direito do consumidor. 6. ed. rev., atual. e ampl. São Paulo: Editora Revista dos Tribunais, 2016.
NORAT, Markus Samuel Leite. Curso de direito do consumidor. 2. ed. João Pessoa: Editora Norat, 2020.
NORAT, Markus Samuel Leite; CÂMARA NETO, Hamilton Calazans. Lavagem de dinheiro nas relações de consumo do mercado de arte. João Pessoa: Editora Norat, 2019.
NORAT, Markus Samuel Leite. Manual de direito do consumidor. 3. ed. João Pessoa: MSLN Editor, 2018.
NORAT, Markus Samuel Leite. Relações de consumo. João Pessoa: Editora Norat, 2019.
NORAT, Markus Samuel Leite. Evolução histórica do direito do consumidor. Cognitio Juris, João Pessoa, Ano I, Número 2, agosto 2011. Disponível em http://www.cognitiojuris.com/artigos/02/12.html. Acesso em: 27 de janeiro de 2021
NORAT, Markus Samuel Leite. O conceito de consumidor no direito: uma comparação entre as teorias finalista, maximalista e mista. Cognitio Juris, João Pessoa, Ano II, Número 4, abril 2012. Disponível em http://www.cognitiojuris.com/artigos/04/08.html. Acesso em: 27 de janeiro de 2021
NORAT, Markus Samuel Leite; ALMEIDA, Ithanyê Heloísa Arcoverde. Obsolescência programada e consumo sustentável. João Pessoa: Markus Samuel Leite Norat, 2019.
RIBEIRO, Alfredo Rangel. Direito do consumo sustentável. São Paulo: Thomson Reuters Brasil, 2018.
VEIGA, José Eli da. Desenvolvimento sustentável 2012-2050: visão rumos e contradições. Prefácio. In: ALMEIDA, F. Desenvolvimento sustentável 2012-2050: visão rumos e contradições. Rio de Janeiro: Elsevier, 2012.
Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Downloads

Não há dados estatísticos.