Efeito dos fatores de crescimento na cicatrização do pé diabético: uma revisão de literatura
capa
Juliana Barros Ferreira
Faculdade Independente do Nordeste (FAINOR)
Tainá de Lelis Lopes de Carvalho
Faculdade Independente do Nordeste (FAINOR)
Nayara Alves de Sousa
Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB)
Marcia Meira Guimarães
Faculdade Independente do Nordeste (FAINOR)
Zâmia Aline Barros Ferreira
Faculdade Independente do Nordeste (FAINOR)
Livia Mara Gomes Pinheiro
Faculdade Independente do Nordeste (FAINOR)
PDF

Palavras-chave

Polipeptídeo
Fatores de crescimento
Cicatrização
Estética
Pé diabético

Resumo

O diabetes mellitus é definido como uma deficiência no momento da produção e/ou excreção da insulina o que estabelece um alto grau de glicose no sangue. Estima-se que 25% dos indivíduos com diabetes mellitus terá uma ulceração nos pés durante a vida, possuindo um alto índice de morbidade, diminuição da qualidade de vida sendo considerado o maior fator causador de amputação dos membros inferiores. Um dos tratamentos para o pé diabético é a utilização dos fatores de crescimento, agentes biológicos produzidos no nosso organismo. O objetivo deste estudo foi revisar a literatura sobre a ação e eficácia dos fatores de crescimento na cicatrização do pé diabético. Trata-se de uma revisão bibliográfica mediante a busca de artigos científicos nas bases de dados SCIELO, LILACS, BIREME e PUBMED, publicados entre os anos de 2012 a 2018. Foram encontrados nove artigos obtidos pela busca nos bancos de dados que foram organizados e selecionados em um quadro contendo autor/ano, objetivo, resultados. Foi concluído que os fatores de crescimento são eficazes no tratamento do PD.

PDF
Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.