Efeito dos fatores de crescimento na cicatrização do pé diabético: uma revisão de literatura
capa
Juliana Barros Ferreira
Faculdade Independente do Nordeste (FAINOR)
Tainá de Lelis Lopes de Carvalho
Faculdade Independente do Nordeste (FAINOR)
Nayara Alves de Sousa
Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB)
Marcia Meira Guimarães
Faculdade Independente do Nordeste (FAINOR)
Zâmia Aline Barros Ferreira
Faculdade Independente do Nordeste (FAINOR)
Livia Mara Gomes Pinheiro
Faculdade Independente do Nordeste (FAINOR)
PDF

Palavras-chave

Polipeptídeo
Fatores de crescimento
Cicatrização
Estética
Pé diabético

Como Citar

Ferreira, J., Lopes de Carvalho, T., de Sousa, N., Guimarães, M., Ferreira, Z. A., & Pinheiro, L. M. (2018). Efeito dos fatores de crescimento na cicatrização do pé diabético: uma revisão de literatura. Revista InterScientia, 6(2), 40-50. https://doi.org/10.26843/interscientia.v6i2.733

Resumo

O diabetes mellitus é definido como uma deficiência no momento da produção e/ou excreção da insulina o que estabelece um alto grau de glicose no sangue. Estima-se que 25% dos indivíduos com diabetes mellitus terá uma ulceração nos pés durante a vida, possuindo um alto índice de morbidade, diminuição da qualidade de vida sendo considerado o maior fator causador de amputação dos membros inferiores. Um dos tratamentos para o pé diabético é a utilização dos fatores de crescimento, agentes biológicos produzidos no nosso organismo. O objetivo deste estudo foi revisar a literatura sobre a ação e eficácia dos fatores de crescimento na cicatrização do pé diabético. Trata-se de uma revisão bibliográfica mediante a busca de artigos científicos nas bases de dados SCIELO, LILACS, BIREME e PUBMED, publicados entre os anos de 2012 a 2018. Foram encontrados nove artigos obtidos pela busca nos bancos de dados que foram organizados e selecionados em um quadro contendo autor/ano, objetivo, resultados. Foi concluído que os fatores de crescimento são eficazes no tratamento do PD.

PDF

Referências

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Manual do pé diabético: estratégias para o cuidado da pessoa com doença crônica. Brasília: Ministério da Saúde, 2016.

ELISAVET, K.T.; NIKOLAOS, P.; ANASTASSIOS, C.M. and GEORGE, S.G. Epidermal Growth Factor in the Treatment of Diabetic Foot Ulcers: An Update. Perspectives in Vascular Surgery and Endovascular Therapy. Vol 24, Issue 1, pp. 37 – 44 First Published April 11, 2012. https://doi.org/10.1177/1531003512442093

ERTUGRUL, B.M.; LIPSKY, B.A.; GUVENC, U et al. An assessment of intralesional epidermal growth factor for treating diabetic foot woundsthe first experiences in Turkey. J Am Podiatr Med Assoc. 2017;107:17–29.

GOMEZ,V.R.; AGUILAR, R.F.; LOZANO, P.A.. et al. Efficacy of intralesional recombinant human epidermal growth factor in diabetic foot ulcers in Mexican patients: a randomized double-blinded controlled trial. Wound Repair Regen.2014;22:497–503.

MARTÍ C.A.J.; GLUUD, C.; NICOLA, S.; SIMANCAS, R.D; REVEIZ, L.; OLIVA, P.; CEDEÑO T.J. Growth factors for treating diabetic foot ulcers. Cochrane Database of Systematic Reviews 2015. Issue 10. Art. No.: CD008548. DOI: 00.1002/14651858.CD008548.pub2.

MENEZES, M.M.; LOPES, C.T.; NOGUEIRA, L.S. Impact of educational interventions in reducing diabetic complications: a systematic review. Rev Bras Enferm [Internet]. 2016;69(4):726-37. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/0034-7167.2016690422i

OLIVEIRA C.M.; RODRIGUES, N.J.F.; SILVEIRA, M.F.; NEVES, D.M.R.; VILHENA, J.M.; OLIVEIRA, J.F. et al. The impact of risk factors of non-communicable chronic diseases on quality of life. Ciênc Saúde Colet [Internet]. 2013[cited 2014 Mar 01];18(3):873-82.

OJALVO, A.G.; ACOSTA, J.B.; MARÍ, Y.M.; MAYOLA, M.F.; PÉREZ, C.V.; GUTIÉRREZ, W.S.; MARICHAL, II.; SEIJAS, E.Á.; KAUTZMAN, A.M.; PACHECO., A.E.; ARMSTRONG, D.G. Healing enhancement of diabetic wounds by locally infiltrated epidermal growth factor is associated with systemic oxidative stress reduction. Int Wound J. 2017 Feb;14(1):214-225. doi: 10.1111/iwj.12592. Epub 2016 Mar 22.

PARISI, M.C.R. A síndrome do pé diabético, fisiopatologia e aspectos práticos. E-book 2.0 – Diabetes na prática Clínica (s.d.). Sociedade Brasileira de Diabetes. Disponível em: >. Acesso em: 31 maio. 2018.

PICARD, F.; HERSANT, B.; BOSC, R.; MENINGAUD, J.P.The growing evidence for the use of platelet-rich plasma on diabetic chronic wounds: A review and a proposal for a new standard care. Wound Repair Regen;23(5): 638-43, 2015 Sep.

SRIDHARAN, K.; SIVARAMAKRISHNAN, G. Growth factors for diabetic foot ulcers: Mixed treatment comparison analysis of randomized clinical trials. Br J Clin Pharmacol,2017 Nov 17.

YANG, S.; GENG, Z.; MA, K.; SUN, X.; FU, X. Efficacy of Topical Recombinant Human Epidermal Growth Factor for Treatment of Diabetic Foot Ulcer: A Systematic Review and Meta-Analysis. Int. J. Lower Extremity Wounds, 2016,15,120-125 DOI: 10.1177/1534734616645444
Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Downloads

Não há dados estatísticos.