Avaliação da monitoria da progressão por ciclos de aprendizagem no Ensino Primário em Moçambique: o caso do Distrito de Angoche em Nampula
Junior Joao Samuel Dos Santos
Governo do Distrito de Angoche
PDF (Português/Portugal)

Palavras-chave

Avaliação
Progressão por ciclos de aprendizagem
Ensino primário e fundos de monitoria

Resumo

O presente estudo tem como objectivo avaliar a monitoria da progressão por ciclos de aprendizagem no ensino primário em Moçambique. O estudo é predominantemente de carácter qualitativo, mas com recurso ao método quantitativo. Os dados do questionário aos alunos e professores foram analisados e discutidos em tabelas e gráficos, com recurso ao programa SPSS versão 16, enquanto os da entrevista semi-estruturada foram descritos e discutidos sob forma narrativa. Como método de estudo, privilegiou-se o estudo de caso, cujo tamanho da amostra não permite que os resultados sejam generalizados ao nível do país. A amostra é de 124 indivíduos. As principais constatações do estudo mostram a existência de um fundo de apoio à monitoria descentralizado ao nível dos SDEJT. Nota-se o esforço por parte desses serviços na realização da monitoria da progressão por ciclos de aprendizagem nas escolas. Porém a monitoria é, tardiamente, iniciada e as escolas das zonas rurais são, poucas vezes, abrangidas devido à exiguidade desses fundos. Os provedores de monitoria não são capacitados para acompanhar as inovações curriculares. Desta feita, o CE é excluído da monitoria e a sua intervenção não é participativa. A avaliação feita da monitoria da progressão por ciclos de aprendizagem permitiu constatar que ela é inconsistente, devido à fraca formação dos responsáveis da cadeia de monitoria, exiguidade de fundos de apoio a ela e à indisponibilidade de manuais orientadores nas escolas, o que afecta, em larga medida, o domínio das competências de leitura e escrita dos graduados do ensino primário em Moçambique.

PDF (Português/Portugal)